Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Agosto 20, 2017

Dia sim, dia não, uma beleza antiga

Jerry Lewis II

Muitos talvez o desconheçam, mas o grande Jerry foi muito mais que um querido canastrão a fazer caretas e quedas abruptas em frente a uma câmera. Aquela persona nasalada de rapaz-homem, foi senão um lanço na longa estrada Jerry Lewis.  É de atentar a pequena mão-cheia de actores de comédia que realmente se tornaram lendas, e ele, sem dúvida que é aqui se enquadra. A sua forma de actuar era tão simples e pateta que acabava por se tornar genial em simultâneo. Veja-se com um olho crítico alguns trechos dos seus melhores filmes, e entender-se-á de imediato o quão inspirado ele era. Os dois realizadores que melhor souberam trabalhar o seu talento foram: Frank Tashlin ("The Disorderly Orderly" 1964, "It's Only Money" 1962, "Cinderfella" 1960, "Rock-a-Bye Baby" 1958) e Norman Taurog, este segundo, dirigindo-o em pequenas pérolas do inicio da sua carreira, alguns destes ainda em parceria com Dean Martin. Tendo sido esta dupla, Martin & Lewis que o …

Jerry Lewis

Soube hoje que o tempo comete crimes nos subterrâneos dos dias, contra os corações mais queridos, ainda que encarquilhados e penhorados pela idade. Este senhor punha-me sempre a barriga cheia de gente a rir. Que dia tão triste.