Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Maio 29, 2016

Volto já, fui comprar cigarros!

Onde acabar o azul resto-me.

Dos corpos mais dolorosos, o que mais sofre é o engano.
Vai sendo roído aos poucos por atrozes rumores.
Ainda pensei passar a perna à visão periférica
e cegar de propósito, ainda que parcialmente,
num divertido jogo clandestino de xadrez.
Tudo isto é uma grande tolice!
Pois é sabido que a melhor nódoa desfalece sempre no pior pano.
Aproximam-se agora, perigosamente, os tocadores 
de bombos, pandeiretas e caixas violadas na mais perfeita métrica.
O circo é, das artes, aquela que menos nos mente.
Observa-o sério, abre bem os olhos interiores. Estás a ver agora, tu vês?
Bem sei que não o farás, mesmo que to pedisse.
Porém, o teu maior erro foi esse teu desplante descarado.
Sabes quem sou ou julgas sozinho de olhos fechados?
Sou de folha perene, pese embora o vento,
e nada falo que seja aos pares ou que acabe em flor.
Fica aqui o mistério desvendado,
desta estranha fixação em te seguir.
Nunca quis começar o que por ti foi acabado,
mas tão somente avançar para dias longe dos dias mais desesperados.
Se não pas…

Never!