Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Novembro 1, 2015

Jardins Exaustos de Pele e Osso

Novo livro de poesia, em auto-publicação.  Porque desistir de escrever é ceder à exaustão que insiste em nos dominar as ideias.
Poderão encontrá-lo e adquiri-lo (em versão papel e e-book) aqui: Jardins Exaustos de Pele e Osso

Deixem TODOS OS SANTOS em paz e sossego.

Na sua infinita sapiência, a minha mãe sempre me ensinou o mais elementar de uma boa educação: pedir "por favor" dizer "obrigado" no fim, dar lugar às nossas ideias sem nos afundarmos em receios sem sentido. Por isso me obrigo à polidez de pedir perdão a todos aqueles aos quais possa este curto texto vir a ofender.
Isto dos cemitérios serve para quê afinal? - Mau! Não era tanto. - Isto de se ir aos cemitérios no dia de hoje, romarias de gente carpideira a xurdir gestos em redor de um pedaço de mármore e ferro fundido, serve para quê afinal?  Soa-me a cagufe desmedido, entranhado no sistema límbico de todos, por séculos e séculos de imposição judaico-cristã. Caramba! Mas ninguém quer sair de uma vez da caverna?  Fechem-se lá na vossa omnipresente moral privada, e não tragam cá para fora visões falsas de dias inconscientes. Além do mais, sei, porque ouço e assisto ao mundo em meu redor, que tudo isto vos irrita sobremaneira, é uma chatice do caraças terem de se desl…