Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Outubro 23, 2011

Concurso "Governo Sombra"

No criativo blog "Em Jeito de Escrita" foi apresentado um passatempo muito interessante (claro que sou suspeito em afirma-lo, mas fiquei  deveras entusiasmado por o encontrar), onde o prémio final é um exemplar autografado do meu livro: "Governo Sombra". O concurso destina-se a cidadãos nacionais que queiram enviar para o blog, durante o próximo mês de Novembro, pequenos textos alusivos ao tema do livro, que serão posteriormente publicados no blog. O melhor texto recebe o livro. Participem!
Fica aqui o link do passatempo.

O milagre dos bois

- O expresso da meia-noite só passa às duas da matina, de modo que, se quiser descansar um pouco, pode faze-lo aqui, no depósito das encomendas e deitar-se no estrado, sobre os sacos de farinha. Não há que ter receio, que é farinha moída da colheita deste ano e ainda não tem bolores nem carunchos. Como vê, a estação é pobre e sem movimento; construiu-a a companhia para servir o desvio e contam-se pelos dedos de uma mão os casebres perdidos nestas colinas. Aqui não há mais nada. Batem nove da noite e já desapareceram todas as luzes, a não ser as lanternas verdes e vermelhas no alto dos sinaleiros da linha. De um lado e de outro, os trilhos perdem-se no escuro, nos charcos, por debaixo do pontilhão. Só se escuta o sonolento coaxar das rãs. Mas não se sente no banco da plataforma que o vento está puxado a frio, e nas cinco horas que tem pela frente decerto que apanhará qualquer coisa ruim nas canalizações interiores. Não se espante. Esse longo e doloroso lamento que lhe está a mexer com…
(...) A confiança humana é das emoções mais fáceis de controlar. Ninguém poderia imaginar que o colapso económico mundial seria tão imediato, ou tão devastador. Ninguém, excepto aqueles que criaram este vendaval destruidor, e alguns poucos esclarecidos que o anteciparam, emitiram avisos, e foram linearmente ignorados. Dizer que esta situação era imprevisível, não passa de um artifício inventado para conquistar a confiança das populações, o primeiro passo de um complexo plano. (...)
in "Governo Sombra" www.oslivrosdomiro.com